segunda-feira, 4 de maio de 2015

POEMA AO CONTRÁRIO

As árvores dão mel
As flores o calor
O sol o pólen
As abelhas saltam
Os coelhos voam
Mas o que menos gosto
 São as borboletas que choram
Pássaros a nadar
Patos a voar
Cantores sem cantar
Crianças a envelhecer
Idosos a rejuvenescer.

JOANA VICENTE |5º A